quinta-feira, 8 de novembro de 2012

O filme se repete, só que com outra atriz

O assunto da semana no mundo das celebridades com certeza foi o anúncio da gravidez da atriz Kristen Bell, uma das mais queridas deste blogue, mas noiva do comediante com cara da galã e porte (e altura) de jogador de basquete, Dax Shepard. Sinceramente deu uma sensação de deja vú.

Nestas mesmas condições, há um bom tempo, outra atriz, Natalie Portman, havia anunciado sua gravidez, ainda noiva do coreógrafo Benjamin Millipied. Resultado: não demorou para o noivado se transformar em casamento e transformar a atriz numa das mais comprometidas, entristecendo fãs.

É muito fácil para toda mulher bonita e não-vulgar arrumar um homem para chamar de seu. As regras sociais sempre dispensam essas mulheres do esforço de conquista, exigido apenas dos homens. mas se estes homens se encontram numa situação prestigiada, as dificuldades diminuem e os relacionamentos se iniciam.

E para manter esses relacionamentos, nada melhor do que fazer filhos nelas. A tradição provou que a maior parte das mulheres costuma se apaixonar pelos homens não na fase de conquista, mas quando geram um filho de seu companheiro. Aí sim, a mulher não larga mais o cara, a não ser que algo muito sério aconteça e/ou o cara se canse de vez dela.

Isso indica que com absoluta certeza, Bell se tornará uma senhora casada a curtíssimo prazo. Isso já entristece fãs e donos de sites como Popoholic, que já colocam Shepard na lista dos homens que ao mesmo tempo são invejados e odiados pelos fãs de suas mulheres, por terem a sua total disposição, aquelas que são as melhores mulheres do mundo, cheias de qualidades, além da extrema beleza.

Existe um mito que diz que as melhores mulheres é que ficam sozinhas. Mentira! Acreditar nisso é tão "realista" quanto acreditar em duendes. A prática mostra justamente o oposto.